Para aumentar vendas ou ter a marca reconhecida, a publicidade é uma aliada de peso de uma empresa. Mas se destacar no mercado não é uma tarefa simples e requer criatividade e dedicação, e talvez um pouco de “buzz marketing”.
 

Mas você sabe do que se trata esse conceito? Então, confere o que preparamos sobre esse tema e suas aplicações e impactos em uma comunicação estratégica!
 

O que é buzz marketing?
 

O buzz marketing é uma técnica que visa dar visibilidade e gerar entusiasmo sobre uma marca por meio do “boca a boca”. Aqui, a ideia que se tem é que esse marketing de pessoa para pessoa é mais eficaz nas decisões de compra.
 

Assim, por meio de campanhas não convencionais que se utilizem de elementos que façam as pessoas falarem de determinada marca, o objetivo do buzz marketing é atrair o público. 
 

Desta forma, é possível gerar publicidade gratuita, criar reconhecimento de marca e motivar um sentimento positivo em torno dela, bem como traçar outras estratégias, como análise, criação e segmentação de um novo público.
 

Afinal, é uma maneira julgada como imparcial de se obter recomendações ou mesmo avaliações de determinada marca, colaborando para uma decisão mais assertiva.
 

Assim, ele muitas vezes é confundido com o marketing viral, já que seus objetivos são semelhantes. Todavia, enquanto o buzz marketing explode rapidamente, o marketing viral aumenta gradualmente e lentamente.
 

Questões de mensagens com emoção também são mais exploradas no marketing viral, enquanto o buzz se utiliza de um lançamento de produto, na maioria das vezes. 
 

Além disso, o buzz marketing pode ter o seu primeiro gatilho em um evento offline, como uma performance de rua ou uma campanha de teste de produto. Já o marketing viral ocorre principalmente nas mídias sociais. 
 

Principais vantagens do buzz marketing
 

•    Maneira bastante barata de gerar publicidade para sua marca;
•    Conexão instantânea com o público, melhorando a imagem de marca e fidelizando clientes; e
•    Estratégia para resultados rápidos.
 

Alguns cuidados e aspectos que merecem atenção
 

É fundamental realizar muita pesquisa para gerar os gatilhos corretos em seu público que, inclusive, pode se misturar com quem não é, por conta do perfil das ações.
 

Tipos de buzz marketing
 

O buzz marketing pode se dar de diferentes formas, como propondo temas polêmicos, como política ou veganismo, que motivem as opiniões, mas com cautela, para que não vire um problema para a marca.
 

Além disso, pode propor algo inesperado ou inusitado, que gere discussão sobre o produto lançado, bem como uma ação notável, que permita uma experiência nova e satisfatória ao cliente, com o objetivo de criar algo melhor que a média.
 

Apelar para as emoções vinculadas  a marca e ao produto também é muito assertivo, já que possibilita trabalhar com o engraçado, chocante, triste ou qualquer emoção, assim como a própria curiosidade.
 

The Town: um case de buzz marketing inspirado no Rock in Rio
 

Do mesmo criador do Rock in Rio, o “The Town” é um evento de música, cultura e arte inspirado na cidade de São Paulo e em sua arquitetura, que promete ser o maior festival do gênero do local.
 

Ele vai ocorrer em setembro de 2023, no autódromo de Interlagos, e, mesmo sem atrações divulgadas, já se destaca pelo impacto que demonstra por meio das suas aparições e intervenções de marketing para divulgação.
 

Assim, por meio de uma comunicação multicanal, que inclui mídia digital, tradicional, estratégia de relações públicas e conteúdo, o evento promete um super impacto ao incluir o buzz marketing também como estratégia.
 

Isso porque a organização se vale da antecipação, anúncio de novidades e surpresas para engajar o público e fazer com que ele também seja o produtor de conteúdo que vai repercutir o festival.
 

E para além da pré-divulgação, compõe a sua construção a promoção de atividades em espaços físicos, a partir de lugares da cidade, mapeados em conversas e locais em pauta na rotina da comunidade paulista, integrando-a.
 

Ou seja, um buzz marketing na essência, já que realiza intervenções nos ambientes on e off em prol de um real engajamento das pessoas, para que elas, de fato, se identifiquem com o festival.
 

Mas, afinal, como gerar buzz marketing?
 

Definir a persona ou as personas, isso irá depender do seu público-alvo, é o primeiro e mais importante passo quando se pensa em marketing estratégico e no buzz marketing não seria diferente. Mire no seu cliente ideal.
 

Se utilize das redes sociais. E nisso cabe o uso de uma hashtag, já que facilita o monitoramento e a coleta de feedback dos clientes após o término da campanha, bem como a divulgação de ações, mesmo off, em plataformas que a marca está.
 

E-mails marketings também podem ser aliados bem assertivos, principalmente se pensado em um fluxo estratégico para seus disparos, da mesma maneira que a seleção de influenciadores que gerem confiança e engajamento à marca.
 

Uma dica extra está em aperfeiçoar a campanha ao longo do seu andamento. Afinal, sempre há aspectos que podem ser melhorados ou mesmo simplificados com vista no desempenho para alcançar os objetivos estipulados no início. 
 

De forma geral, lembre que o buzz marketing é muito mais sensorial e palpável do que qualquer campanha digital, já que visa um público “físico” que permita que aconteça o boca a boca.
 

Por isso, ao construir a ação de lançamento do seu produto, busque uma agência de marketing que tenha experiência para aplicar as estratégias adequadas à sua demanda. Conte com a Interativa!

Comercial

Suporte