Para o negócio dar certo, é preciso, acima de tudo, saber quem irá consumir seu produto. Dessa maneira, você poderá pensar em ações estratégicas que chamem atenção do seu público, e impacte pessoas (se esse for seu objetivo, é claro). Para isso, é preciso definir quem é o comprador ideal de seu produto. Já ouviu falar em Persona? Vamos te ajudar a entender melhor.

 

Público-alvo

Primeiro, vamos pontuar o público-alvo, também muito importante para qualquer estratégia de marketing, porém é bastante geral, e dá conta de mapear características gerais como idade, gênero, localização, profissão.

  • Exemplo: Público-alvo de uma empresa de cosméticos: Mulheres, 20 a 60 anos, casadas, residentes na cidade de Caxias do Sul.

 

Persona

Já a persona, é a representação do consumidor perfeito para seu produto, ela tem complexidades, personalidade e muitos fatores influenciam na sua decisão de compra. 

  • Exemplo: Persona :  Juliana tem 25 anos é manicure, casada e mãe de duas meninas. Ela busca os melhores esmaltes e acessórios para suas clientes, que sejam baratos mas também de qualidade.  Ela leva em conta a indicação de suas amigas e clientes para não errar na hora de escolher os produtos. Juliana gosta de buscar referencias no Instagram e vídeos no Youtube de modelos para as unhas.

 

Por que tenho que ter uma persona definida em minha empresa?

Ter uma persona definida ajuda no conhecimento de seu público, e na escolha de estratégias de vendas. Sabendo para quem se dirigir, a linguagem correta, que tipo de material será elaborado (flyer, site, posts em redes sociais, outdoor), tudo isso vai depender do seu objetivo. Além disso, é possível saber por que o seu produto não é o preferido do mercado, e o que pode melhorar.

Ficou mais clara a ideia do que é persona e público-alvo? Siga-nos nas redes sociais e acompanhe o nosso blog!

Quem e o meu publico dicas de como construir a persona