O rebranding pode ser a solução para atingir o objetivo da sua missão. Sua marca não pode ser um problema rumo ao sucesso da sua empresa.

 

 

Philip Kotler afirma que escolher um nome para uma marca é um desafio, pois, deve representar a personalidade da empresa. Muito mais do que simplesmente um nome, é vital que passe pela mente do profissionais de marketing e empreendedores aquilo que o seu consumidor deseja. Caso contrário, todo o planejamento de crescimento da empresa se perde, pois, não há uma identificação imediata com seu público.

A marca da empresa é mais do que a sua representação gráfica. Seu conceito pode ser estendido para outras características de diferenciação. É uma promessa da empresa em fornecer uma série de atributos, benefícios e serviços uniformes aos compradores. A garantia de qualidade vem junto com as melhores marcas.

Por isso, projetar uma marca de fácil memorização, leitura e escrita, foneticamente exequível, registrável e, ao mesmo tempo, adequada a um conceito, é um grande desafio que as empresas, mesmo as familiares e de pequeno porte, devem levar a sério.

O cenário econômico atual vem obrigando as empresas a buscarem um posicionamento por meio de mudanças estratégicas, para criar diferenciais para seus clientes e destacar-se dos concorrentes. Assim, o rebranding aparece como uma alternativa para criar valor para um público que cada vez mais quer estreitar o seu relacionamento com as marcas.

Para compreender melhor o rebranding,  vamos falar de branding, que é a ponte entre o cliente e a empresa. É uma atividade estratégica de planejamento e conceituação. Seu principal objetivo é fazer com que o cliente tenha carinho ao usar ou consumir a sua marca. Através dele é que se consegue projetar a identidade da marca, aquela responsável por se fixar na mente das pessoas.

Quando a marca consegue ter um posicionamento positivo, ela cria um relacionamento mais firme com o seu consumidor. O branding é o que cria a personalidade da marca, atribuindo valores e emoção. Quando se conquista isso, as pessoas preferirão comprar o seu produto invés do concorrente.

E o rebranding de uma marca é  justamente a revisão de todos estes conceitos para verificar a necessidade de fazer as mudanças estratégicas para,  assim, criar diferenciais que a ajudem reposicionar o produto ou serviço diante de seus atuais clientes. Por isso, a escolha de um parceiro completo para o desenvolvimento de uma nova identidade visual, criação de estratégias de uma nova filosofia operacional ou até mesmo no suporte ao relacionamento com seus clientes é muito importante.  A evolução é necessária para que uma empresa não seja extinta.

Antes de determinar que a sua empresa deve passar por um processo de rebranding, deve-se entender o que deve ser aprimorado dentro dela. A melhor maneira de possuir essa informação é compreender como a empresa é vista pelo seu público, já que é ele quem determina qual o valor da sua marca.

Na maioria dos casos, as empresas passam por um processo de rebranding quando:

 

  • Ocorre uma fusão entre duas empresas;
  • Mudança no nome;
  • Reposicionamento dentro do mercado;
  • Desassociar alguma conotação negativa que a marca possua;
  • Tornar a identidade visual mais atual;
  • Trazer um maior profissionalismo para a imagem da empresa;
  • Distanciamento e diferenciação da sua concorrência.

 

As micro, pequenas e médias empresas possuem uma maior facilidade em implementar um processo de rebranding, pois conseguem efetivar essas mudanças em um curto período de tempo, principalmente quando a marca não é conhecida. Já grandes empresas implementam essas mudanças de forma gradativa. Exemplos de casos como esses são as empresas Sicredi, onde se viu as mudanças ocorrendo primeiro nas capitais e depois no interior do país. E, a marca  gaúcha Zaffari, que para atuar em São Paulo,  viu a necessidade de  acrescentar acento, tornando-se “Záffari” para o seu novo consumidor.

Não existe uma maneira de fugir da mudança, em algum momento a sua empresa será obrigada a passar por esse processo e quando essa hora chegar, o mais importante é traçar um objetivo e fazer uma mudança segura.

Houston, we have a problem!