A língua inglesa está muito presente em nosso cotidiano, palavras como hot-dog, top, ice, sky, sale e store são muito comuns e usamos todos dias sem perceber. Na comunicação e nas agências de publicidade não é diferente, são diversas palavras que utilizamos no outro idioma. Os profissionais de marketing são campeões quando se trata de expressões inglesas, e até já escrevemos sobre isso aqui em outro momento. Você sabe o que cada uma delas significa? Continue a leitura para descobrir!

 

1) Briefing

 

Significa resumo em português, e nada mais é que um conjunto de informações, um documento sobre um determinado trabalho a ser realizado. Quanto mais completo o briefing, melhor será o entendimento da equipe sobre a marca e seus objetivos.

 

2) Brainstorm

 

É a junção de dois substantivos: brain – cérebro e storm – tempestade, que traduzindo literalmente significa tempestade de ideias. É uma expressão muito utilizada nas agências para denominar um processo criativo, um momento em que todos vão jogando ideias e referências para depois auxiliar o time da criação nas campanhas.

 

3) Job

 

Essa é, sem dúvida, a palavra mais ouvida nas agências. Essa pequena palavrinha pode dar muita dor de cabeça para a equipe inteira, ou pode render um portfólio incrível. Ela significa tarefa, ou seja, quando o cliente solicita alguma peça a criação recebe um job e irá trabalhar nele de acordo com o prazo.

 

4) Case

 

Nenhuma agência teria grande influência sem os seus cases de sucesso, e os de insucesso também. A palavra, nesse contexto, significa caso, exemplo de campanha que já foi realizada e teve resultados positivos ou negativos. É importante ressaltar que as duas versões de case são interessantes para uma empresa, pois todo lugar tem seus altos e baixos.  

 

5) Start | startar

 

Como todo bom brasileiro adora aportuguesar qualquer palavra, a famosa palavra start, que conhecemos dos vídeo games, ganhou a versão de verbo e aparece nas conversas como startar. É sinônimo de começar, dar início a algum projeto.

 

Nós sabemos que a língua portuguesa está em constante mudança, a internet, por exemplo, propicia uma mescla de culturas, memes e expressões que do dia para a noite estão no Google Trends e viram febre. A dica é estar por dentro dessas novidades sem esquecer que leitura, escrita e compreensão de texto (em português) são fundamentais para a nossa área.